ORAÇÃO DE LILITH




Que eu jamais seja controlada
nem pela luz nem pelas trevas.
Eu sou a manifestação da Deusa na terra.
Que não haja fogo ou fogueira capaz de me deter;
Que jamais haja forças no patriarcado para me controlar
pois sou um ser livre!
Sou uma mulher-serpente;
Sou filha do sol e da lua;
Por isso não posso ser controlada.
Posso ser conduzida pelo Poder da Mãe,
mas jamais controlada.
Não existem forças no céu ou na terra
capaz de me deter,
pois sou uma mulher indomada.
Sou o principio feminino,
Sou Lilith!

Que assim seja e assim se faça!



Leia mais...




Homem livre, o oceano é um espelho fulgente
Que tu sempre hás de amar. No seu dorso agitado,
Como em puro cristal, contemplas, retratado,
Ter íntimo sentir, teu coração ardente.

Gostas de te banhar na tua própria imagem.
Das-lhe beijo até, e , às vezes, teus gemidos
Nem sentes, ao escutar os gritos doloridos,
As queixas que ele diz em mística linguagem.

Vós sois, ambos os dois, discretos tenebrosos;
Homem, ninguém sondou teus negros paroxismos,
O' mar, ninguém conhece os teus fundos abismos;
Os segredos guardais, avaros, receosos!

E há séculos mil, séc'ulos inumeráveis,
Que os dois vos combateis n'uma luta selvagem,
De tal modo gostais n'uma luta selvagem,
Eternos lutador's ó irmãos implacáveis!

(Charles Baudelaire)
Leia mais...


O PAGANISMO


Uma introdução pela Federação Pagã


Quem agora conhece a antiga linguagem da Lua? Quem agora fala com a Deusa ?... Só as pedras agora se recordam do que a Lua nos disse há muito tempo, e o que nós aprendemos com as arvores, e as vozes das ervas e dos cheiros das flores...
(Tony Kelly, "Pagan Musings" 1970)


Em todas as Eras tem havido mulheres e homens cujas almas têm sido profundamente tocadas pela Natureza, pessoas para as quais as Estrelas falam do seu gracioso silêncio, para as quais a Lua não é só um corpo celeste, para as quais as plantas e os densos bosques são como as catedrais da alma. Pessoas que amam e respeitam a Natureza, tirando partido dela sem a destruir, pessoas que acreditam que homens e mulheres têm os mesmos direitos e se respeitam. Estes são os Pagãos.


Paganismo é uma forma de vida e é uma religião que tem as suas raízes na pureza da infinita variedade da Natureza, venerando a Divindade Feminina e o seu sagrado Masculino em todos seus aspectos. Um ser humano não se concebe só por um ser, é preciso o lado feminino e o masculino para a criação, ninguém nasce do nada, por isso quem nasce com o sentido Pagão nasce amando naturalmente a Deusa e o Deus seu consorte.

Os Pagãos respeitam todas as pessoas e todas as formas de vida como parte de um Todo sagrado. Cada mulher e cada homem é para um Pagão, um lindo e único ser. As crianças são amadas e honradas. Os bosques, as florestas e as clareiras são o lar dos animais selvagens e das aves, que são tratadas com respeito e carinho.

O Paganismo acentua a experiência religiosa pessoal. Nós procuramos a união espiritual com a Divindade através da harmonização com as correntes da Natureza e pela exploração do nosso próprio interior. Os nossos Ritos ajudam-nos a harmonizar com os ciclos naturais das mudanças das estações e a compreende-los, por isso ocorrem nos Equinócios, Solstícios e nos Pináculos, e nas fases da Lua e do Sol.

Podem-se encontrar uma grande variedade de Tradições dentro do nosso largo espectro e isto reflecte a variedade da nossa experiência espiritual. Todo o Pagão é Politeísta por natureza; alguns veneram Deuses e Deusas, enquanto que outros concentram-se numa Força Vital, e outros ainda são devotos de um casal cósmico - Deusa e Deus.

Nós celebramos nossas Divindades, e acreditamos que cada pessoa deve encontrar o seu lar espiritual de acordo com os ditames da tranquila voz interior da sua própria alma. Também por esta razão nós respeitamos todas as religiões sinceras, e não profetizamos nem procuramos convertidos.

Das outras fés e da sociedade em geral, nós só pedimos tolerância.
Leia mais...


O Chamado da Deusa Negra - Lilith



A Deusa Negra fala conosco pelas bocas de Lilith, Kali, Tiamat, Hekate, Nix, A Madonna Negra, Nêmesis, Morgana, Cerridwen, Perséfone, Ereskhigal, Arianrhod, Durga, Inanna e muitas outras.


*Este texto pode ser lido nos rituais de lua negra.


Eu sou as trevas por trás e por baixo das sombras.
Eu sou a ausência de ar que espera no início de cada respiração.
Eu sou o fim antes que a vida recomece, a deterioração que fertiliza o que vive.
Eu sou o poço sem fundo, o esforço sem fim para reivindicar o que é negado.
Eu sou a chave que destranca todas as portas.
Eu sou a glória da descoberta, pois eu sou o que está escondido, segregado e proibido.
Venha a mim na Lua Negra e veja o que não pode ser visto, encare o terror que é só seu.
Nade até mim através dos mais negros oceanos, até o centro de seus maiores medos. Eu e o Deus das trevas o manteremos em segurança.
Grite para nós em terror e seu será o poder de suportar o insuportável.
Pense em mim quando sentir prazer e eu o intensificarei. Até o dia em que eu terei o maior prazer de encontrá-lo na encruzilhada entre os mundos.
Sabedoria e a capacidade de dar poderes são os meus presentes.
Ouça-me, criança, e conheça-me por quem eu sou. Eu tenho estado com você desde o seu nascimento e ficarei com você até que você retorne a mim no crepúsculo final.
Eu sou a amante apaixonada e sedutora que inspira o poeta a sonhar.
Eu sou aquela que te chama ao fim de sua jornada. Quando o dia se vai, minhas crianças encontram seu descanso abençoado em meus braços.
Eu sou o útero do qual todas as coisas nascem.
Eu sou o sombrio, silencioso túmulo; todas as coisas devem vir a mim e suportar a morte e o renascer para o todo.
Eu sou a Bruxa que não será governada, a tecelã do tempo, a professora dos mistérios.
Eu corto as linhas que trazem minhas crianças até mim. Eu corto as gargantas dos cruéis e bebo o sangue daqueles sem coração. Engula seu medo e venha até mim, e você descobrirá a verdadeira beleza, força e coragem.
Eu sou a fúria que dilacera a carne da injustiça.
Eu sou a forja incandescente que transforma seus demônios internos em ferramentas de poder. Abra-se a meu abraço e domínio.
Eu sou a espada resplandescente que te protege do mal.
Eu sou o cadinho no qual todos os seus aspectos se misturam em um arco-íris de união.
Eu sou as profundezas aveludadas do céu noturno, as brumas rodopiantes da meia-noite, coberta de mistério.
Eu sou a crisálida na qual você irá encarar o que te apavora e da qual você irá florescer vibrante e renovada.
Procure por mim nas encruzilhadas e você será transformada, pois uma vez que você olhe para meu rosto não existe volta.
Eu sou o fogo que beija as algemas e as leva embora.
Eu sou o caldeirão no qual todos os opostos crescem para se conhecer de verdade.
Eu sou a teia que conecta todas as coisas.
Eu sou a curadora de todas as feridas, a guerreira que corrije todos os erros a seu tempo.
Eu faço o fraco forte. Eu faço humilde o arrogante. Eu ergo o oprimido e dou poderes ao desprivilegiado. Eu sou a justiça temperada com compaixão.
Eu sou você, eu sou parte de você, estou dentro de você.
Me procure dentro e fora e você será forte. Conheça-me, aventure-se nas trevas para que você possa acordar com equilíbrio, iluminação e plenitude.
Leve meu amor consigo a toda parte e encontre o poder interior para ser quem você quiser.
Leia mais...


Nyx - "A domadora dos Homens e dos Deuses"


Nyx a noite, a deusa das trevas, a personificação da noite como divindade feminina, rainha dos astros da noite, Deusa dos segredos e mistérios noturnos, patrona das bruxas e feiticeiras, elas acreditavam que cultuando a Deusa a terra seria fértil o bastante para nascer ervas encantadas.

A deusa em seu carro puxado por cavalos negros percorre o céu com seu manto negro, sempre acompanhada das Queres, suas filhas. Cobrindo a cabeça com seu manto estrelado.

Ela possuí poderes proféticos, o segredo da imortalidade, a seu gosto pode retirar a imortalidade de um Deus e transformá-lo em um simples mortal, assim como ela fizera com Crono após ele ter sido destronado por Zeus. Por isso Zeus possui um enorme respeito e temor por ela. Homero a classifica como “A domadora dos Homens e dos Deuses”. Foi ela quem criou a arma que Gaia entregou a Crono a fim de destronar Urano.

Nyx foi a segunda divindade a surgir do vazio, Filha do Caos, assim como seu irmão Erebo – a escuridão. Mas para Hesidio Nyx é a irmã de Caos. Então Gaia ( mãe Terra) e Tártaeo (as trevas) seriam seus irmãos, juntos são as divindades mais antigas da mitologia grega.

Nyx por sua vez teve dois filhos com Érebos [seu irmão, o segundo filho do Caos], deste encesto nasceram: Éter - a dinvidade da luz e Hemera – o dia. Sozinha ela também podia ter filhos [assim como seu pai] deu vida através do seu Ovo Cósmico a várias crias divinas, elas são: Éris – a discórdia. Nêmesis – a justiça divina, a ética. Queres – o destino fatal, cruel, são Deusas que trazem a morte violenta aos mortais. As Moiras (Cloto, Lachesis e Atropolos) essas são bem conhecidas, várias histórias fazem referência a elas, elas são as responsáveis por tecer o destino, responsáveis pelo “fio da vida”. As Hespérides – são a tarde: Egle (A Brilhante), Eritia (A Vermelha) e Hesperetusa (A Ágil do Poente) seriam então o incio, meio e fim do percurso solar, são as luzes douradas do por do sol, as ninfas do poente. Também são filhos de Nix: Apate – o engano, Caronte – o ser que guia o barco no mundo dos mortos no Rio Aqueronte, Ênio – carnificina, Filotes – a amizade, Geras – a velhice. Hipnos – o sono, Limos – a fome, Lissa – a loucura, Momus – a culpa, Moros – destino, os Oneiroi – os sonhos, Ponos – labuta, Tânatos – a morte.
Para evitar pronunciar seu nome, também a chamavam de Eufrone e Eulália. Suas filhas Hemera e Hespérides foram criadas para ajudá-la, com isso nasceu o ciclo diário. Hemera traz o dia, e as Hespérides trazem a tarde, Nyx por sua vez traz a noite absoluta.

{fonte: Contos Mitológicos}


postado por Lady.6.4.3
Leia mais...


ORAÇÃO DA CABRA PRETA - de São Cipriano



Reza-se essa oração com uma vela acesa e uma faca de ponta nas mãos, trocando "fulano" pelo nome da pessoa para quem se reza a oração, essa oração pode ser usada tanto para fazer mal o bem para a pessoa, tudo depende das inteções de quem reza a oração:


ORAÇÃO DA CABRA PRETA


Cabra Preta milagrosa que pelo monte subiu, trazei-me fulano, que de minha mão sumiu. Fulano, assim como o galo canta, oburro rincha, o sino toca e a cabra berra. Assim tu hás de andar atrás de mim.

Assim como Caifaz, Satanás, Ferrabraz e o Maioral do inferno que fazem todos se dominar, fazei fulano se dominar, para me trazer cordeiro, preso debaixo de meu pé esquerdo.

Fulano, dinheiro na tua e na minha mão na há de faltar, com sede tu nem eu haveremos de acabar, de tiro e faca tu nem eu há de pegar, meus inimigos não hão de me enxergar. A luta vencerei com a oração da Cabra Preta milagrosa. Fulano, com dois eu te vejo, com três eu te prendo com Caifaz, Satanás, Ferrabraz.




{postagem: Lady.6.4.3}

Leia mais...


Não temo mais...


(clique na imagem para visualizar a mensagem)


Post by Morphyna (Lady.6.4.3)
Leia mais...


Pulsos Cortados

Leia mais...


Veja Também: